Preparado para decolar

Publicado em de de

Objeto de desejo, sonho de consumo, paixão, fascínio são algumas das expressões quando se fala nos carros. Porsche. Em seu museu exclusivo, fãs reduzem a marcha para curtir o cenário e apreciar cada detalhe.

Nas pistas de corrida, no cinema, nas ruas, ele chama atenção. Design, aerodinâmica, potência fazem do Porsche um ícone mundial. Considerado um dos carros mais velozes do mercado – 321,4 km/h, que em teoria é suficiente para decolar -, desde janeiro de 2009, conta com um museu em Stuttgart (Alemanha).

Projetado pelo arquiteto Delugan Meissl, o Museu do Porsche tem uma estrutura que ocupa uma área de 5.600 m², com atrações para adultos e crianças. Na exposição permanente, são mais de 80 carros em modelos como 356, 550, 911 e 917. Além dos veículos, é possível acessar informações de forma interativa, usando recursos em sistema touchscreen e navegar por mais de 3.000 imagens, desenhos, cartazes e anúncios já publicados desde que a marca surgiu.

Também há uma instalação de som, a “Porsche in the Mix”, única no mundo. O visitante escolhe o modelo de veículo de um menu de sete, e sobre o escolhido são reproduzidos sons característicos, como fechamento de portas e motor, por exemplo, que estão integrados numa faixa musical. No final, o visitante compõe sua própria música e envia para si mesmo por e-mail.

Stuttgart, Baden-Württemberg : Porsche Museum © 2009 Jochen Keute, Frankfurt am Main

As crianças têm uma área exclusiva para entender o universo Porsche, com labirinto e pista. Outro atrativo é a comemoração de aniversário para os que têm até 13 anos de idade. O aniversariante opta por escolher uma entre quatro tipos de festas, e os temas possíveis são: futuros motoristas poderão experimentar como é ser especialista em motores; desenhar e projetar um carro da marca; assumir a direção num mini túnel de vento; praticar uma mudança de driver de carro de corrida com os amigos.

O museu conta com café, restaurante, loja, arquivo histórico com documentos para pesquisas e área de manutenção dos carros da exposição sendo preparados pelos técnicos, o qual o visitante pode assistir. É possível alugar um Porsche para dar uma volta, mas, devido à enorme procura, o indicado é reservar com antecedência de alguns dias.

A origem do mito

Para contar um pouco sobre o porquê do Porsche ser um carro tão desejado, é preciso voltar no tempo, mais precisamente em 1931 quando Ferdinand Porsche, um austríaco que abriu seu escritório de engenharia, após passagem pela alemã Daimler. Seu filho Ferry, que também fazia parte da equipe, conduziu a empresa durante um período, lançando o 356, modelo com motor traseiro, que chegou a ser produzido até os anos 1960. Mas foi com o modelo 911 que a marca passou a ganhar holofotes pela potência e velocidade, quando foi lançado em 1963, no Salão do Automóvel de Frankfurt. Dali em diante, houve nova evolução ao ser apresentado ao mercado o Carrera, em 1970, desenvolvido para corridas.

Visitação

O Museu do Porsche abre de terça a domingo. Os visitantes podem fazer o passeio ouvindo áudio em alemão, inglês, francês, espanhol, italiano, russo, japonês e chinês. Para as crianças, há uma versão especial. Já as visitas guiadas duram cerca de 1 hora e são explicadas em inglês ou alemão. Para grupos de até 25 pessoas, é possível fazer o tour em francês, italiano e chinês. O horário é das 9 às 18h. Também é possível conhecer a fábrica (de segunda a sexta-feira), cujo passeio começa pelo museu, mediante agendamento www.porsche.com.

Criz Azevedo

Para acessar este arquivo, deixe aqui o seu nome e o seu e-mail. Nós te avisaremos sempre que houver alguma novidade.