Mais do que um país, é a terra do Papai Noel

Publicado em de de

Hohoho. Ainda não é Natal, mas a viagem para a terra do bom velhinho vai começar. Quem nunca imaginou, quando era criança, onde morava o Papai Noel e como era passear com trenós de renas? Uma história que atravessou o oceano e chegou a muitos lares pelo mundo, mas a Finlândia tem muitos mais encantos. É um país que tem na sua bandeira as suas belezas naturais, o branco representando a neve e o azul, os lagos e o céu, sendo chamada de “País dos Lagos” com cerca de 190 mil e 180 mil ilhas. Além disso, é um lugar repleto de florestas.

Uma experiência tão gelada que o inverno finlandês tem dias que o sol nem aparece, pois ele não nasce no seu ponto mais alto do Polo Norte. E o inverso também acontece, o verão brilha tanto que o sol permanece o dia todo por algum período. Esse fenômeno é conhecido por “sol da meia-noite”, ou seja, quando é possível ver o sol em plena meia-noite. Ele ganhou até mesmo uma festa em sua homenagem, a Midsummer, celebrada no dia 24 de junho. Ela originou a festa de São João.  

Contemplando os símbolos natalinos, a cidade de Turku recebe todo ano um pinheiro gigante em frente à igreja Tuomiokirkko, uma das luteranas mais antigas do país. Seguindo a temática, a Tampere tem uma feira regional típica de Natal que oferece doces, roupas, presentes e outras atrações. Já a capital Helsinque é a porta de entrada para quem quer conhecer de uma maneira mais profunda essa cultura tão rica e cheia de tradições. Um município tão incrível que mantém há anos a sua presença no ranking das 25 melhores cidades para se morar segundo a revista britânica Monocle. Os critérios analisados são índices de educação, taxas de criminalidade, transporte, saúde, até mesmo, a qualidade do ar.

Bem-estar, praticidade e conforto. São uma das qualidades que transbordam por todo o território finlandês. Eles gostam do contato direto com a natureza, ficam em parques, à beira-mar para ver o pôr do sol, à procura da aurora boreal. A gastronomia também é muito forte na capital, totalizando cerca de 1,3 mil restaurantes. E, pelas esquinas, pode-se admirar músicos, artistas, etc. Viva! 

Juliane Guez

Para acessar este arquivo, deixe aqui o seu nome e o seu e-mail. Nós te avisaremos sempre que houver alguma novidade.