10 DICAS PRA DEIXAR SUA CASA SEMPRE LINDA

Publicado em de de

Uma casa aconchegante só traz benefícios.  Viver bem, com organização proporciona alegria para todos que convivem em um mesmo espaço.

Pra começar com o pé direito é importante entender aquilo que você gosta. Não há certo ou errado. Apenas seu estilo pessoal. Claro, um bom arquiteto ou designer de interiores poderá ajudar você sempre escolher o ambiente do seu jeito.

Seguem 10 dicas de decoração de interiores para auxiliar na hora de transformar seus ambientes:

1) Do que você gosta?

O ponto de partida é definir seu estilo. Mais colorido, mais claro, mais amadeirado, mais extrovertido, introspectivo.  O importante é definir o caminho de acordo com suas preferências.

2) Investimento

Quanto você pode investir? Qual o valor que você se dispõe a colocar no seu projeto? Informe-se sobre os preços para todas as etapas, como pintura, mobiliário, papel de parede, iluminação etc. Planilhe tudo para não ter surpresas.

3) Observe o tamanho do ambiente

As dimensões exatas são fundamentais para entender o que é possível de ser realizado, considerando seu estilo, desejo e aspectos ergonômicos e funcionais, garantindo assim o aconchego que você busca.

4) Minimalismo pode ser a solução inteligente

Caminhos de circulação livres, espaço para sentar confortavelmente, elementos que não venham a competir entre si, trona um ambiente confortável. Menos, neste caso, pode ser mais.

5) Ponto Focal

Sempre há um ponto que deverá ser mais valorizado em um ambiente. Entorno dele é que os demais objetos deverão ser organizados, a fim de gerar o clima que você procura. O ponto focal pode ser uma lareira, uma cama, uma janela ou sacada, etc.

6) Motivo

É necessário descobrir qual tema em que você quer desenvolver em seu ambiente, qual o clima que você quer imprimir. Mais sossegado, mais vibrante, relaxante ou intimista. Só assim você poderá harmonizar a sua decoração.

7) Cores

A combinação de cores sempre é o ponto alto e que exige máxima atenção. E cores estão em tudo. Nos móveis, nas paredes, nas cortinas, nos tapetes, nos pisos, nos elementos que compõem a decoração. Tudo tem que ser pensado de acordo com a mensagem que você quer passar. Não existe uma regra, mas sim sensibilidade nas escolhas. Aqui você dá alma ao seu ambiente.

8) Dimensões dos elementos que compõem o ambiente

Excesso ou ausência, grande ou pequeno, largo ou estreito. Tudo isso interfere diretamente em seu ambiente. Muitas coisas grandes geram a sensação de falta de espaço. Já o oposto, muitas coisas pequenas geram a sensação de ambiente bagunçado.

9) Escolha da tinta no momento certo

Você deve escolher a tinta ou papel de parede somente após a escolha dos móveis ou dos planejados. As cores dessas peças é que orientam as cores das paredes, pois é mais fácil você harmonizar assim, além de ser bem mais rápido e econômico.

10) Projetos de móveis planejados auxiliam na visualização prévia

Quando você desenvolve o projeto dos móveis em uma loja de planejados, passa a ter a possibilidade de uma prévia visualização, mitigando assim possíveis desencantos. Só assim você mantém seu próprio estilo e evita o risco de compras ou combinações desnecessárias tornando seu lar em um verdadeiro “Zuhause süßes Zuhause” (lar doce lar).

Para acessar este arquivo, deixe aqui o seu nome e o seu e-mail. Nós te avisaremos sempre que houver alguma novidade.